A Menina Que Roubava Livros (Em Portugues do Brasil)

August 12, 2014 - Comment

A trajetoria de Liesel Meminger e contada por uma narradora morbida, surpreendentemente simpatica. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeicoa-se a menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Tracos de uma sobrevivente: a mae comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmao para o suburbio pobre

Buy Now! $55.96Amazon.com Price
(as of 5:57 am CDT - Details)

A trajetoria de Liesel Meminger e contada por uma narradora morbida, surpreendentemente simpatica. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeicoa-se a menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Tracos de uma sobrevivente: a mae comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmao para o suburbio pobre de uma cidade alema, onde um casal se dispoe a adota-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e e enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. E o primeiro de uma serie que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O unico vinculo com a familia e esta obra, que ela ainda nao sabe ler.

Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidao das noites com a conivencia do pai adotivo, um pintor de parede bonachao que lhe da licoes de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgencias para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os le na biblioteca do prefeito da cidade.

A vida ao redor e a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste a euforica celebracao do aniversario do Fuhrer pela vizinhanca. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porao um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela Historia. A Morte, perplexa diante da violencia humana, da um tom leve e divertido a narrativa deste duro confronto entre a infancia perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto – e raro – de critica e publico.

Comments

Elisangela says:

Amei !!!! 0

D. Horowitz says:

ONE OF THE BEST BOOKS 0

Ana Paula Raimundo says:

Sensacional 0

Write a comment

*